15 de outubro de 2013

Comidinhas: Broinha de Fubá

Um dia desses estava tomando café numa padaria em BH e comi uma broinha de fubá. Me veio na cabeça o meu tempo de infância, quando minha saudosa mãe, Valéria, fazia quitanda todo sábado. Era bolo, pão de queijo, biscoito de nata e... broinha de fubá. Aliás, ela era uma cozinheira de "mão cheia" e acho que puxei este dom dela! Não sei porque mas eu amava a tal broinha e não conseguia achar uma receita que chegasse a esse "sabor de infância". Até que um dia desses, joguei no google e encontrei umas imagens. Cliquei numa que parecia e fui parar no blog cozinhapequena.com. Peguei a receita e resolvi fazer. Ahhhh, só o cheirinho já me remetia àquele tempo. E quando ficaram prontas fui logo comendo, quente mesmo! E era exatamente isso… acho que ela fazia com polvilho doce, mas como não tinha em casa, coloquei a tapioca. Anotem os ingredientes, porque a família vai amar essa delícia servida com um cafezinho quente!

Ingredientes:

2 xícaras de chá de fubá de milho (amarelo ou branco)
1,5 xícaras de chá de polvilho doce (ou tapioca)
3,5 xícaras de chá de leite
1 xícara de chá de açúcar
1/2 xícara de chá de óleo
1 colher de sopa de erva doce
1/2 colher de chá de sal
5 ovos pequenos (usei 3 grandes)
1 colher de sopa de fermento em pó
Fubá para polvilhar

Modo de Preparo:

Numa panela colocar o fubá de milho, o polvilho doce ou a tapioca, açúcar, erva doce, sal, o leite e o óleo. Mexer sem parar até formar um angu bem duro. A dica é que a massa formada vai desgrudar completamente da panela. Haja braço!!!


Deixar a massa esfriar antes de colocar na batedeira. Misturar os ovos numa tigela. Começar a bater a massa e acrescentar os ovos aos poucos. Junte o fermento em pó e bata mais para misturar bem. Unte uma tabuleiro com manteiga e polvilhe fubá. Aqueça o forno a 250 graus (temperatura média alta).


Para fazer as bolinhas você deverá colocar um pouco de fubá numa xícara, pegar a massa com uma numa colher de sopa (não muito cheia), jogar dentro e dar uma chacoalhada, até obter o formato. A massa não enrola na mão por ficar mais mole, diferente do pão de queijo ok? É tranquilo de fazer esse processo, juro! Quando li no blog, achei que não daria certo, mas funciona perfeitamente. Super legal! Disponha as bolinhas deixando um espaço entre elas, pois crescem bem. Eu baixei a temperatura um pouco, pois meu forno é super potente. Asse por 50 minutos ou até elas ficarem douradas e firmes.


PS. Foi a primeira vez que usei a batedeira que ganhamos de presente de casamento da Tia Joaninha! Vai ser uma mão na roda nas receitas que precisam deste acessório. :)

Um comentário: